forçaSindical

Taxa Selic frustra expectativas dos trabalhadores

A decisão do Copom (Comitê de Política Monetária) de elevar a taxa Selic frustrou a expectativa da Força Sindical, que defende a redução da taxa e o estímulo à produção e à geração de empregos.

Elevar a taxa significa que o governo continuará usando os juros altos para conter a inflação (o IPCA é estimado em 6,45% este ano), sacrificando o crescimento da economia e o PIB (Produto Interno Bruto, estimado em 0,27%).

Os dados acima demonstram que o aperto monetário reduziu um pouco a inflação, mas gerou um impacto negativo expressivo no nível da atividade econômica. Esta situação é ruim para os trabalhadores, porque sem crescimento econômico sustentado são obrigados a adiar os planos de ter empregos de qualidade, com bons salários e que proporcionem boa qualidade de vida. Esperamos que, nestes próximos anos, o governo consolide, definitivamente, a política econômica orientada para o desenvolvimentismo.

Miguel Torres,
Presidente da Força Sindical