ir

Nota da Força Sindical sobre a correção da tabela do IR

A aprovação da correção da tabela do Imposto de Renda em 6,5%, pelo Congresso Nacional, é o primeiro passo para se fazer justiça aos trabalhadores brasileiros, que veem sendo penalizados ano a ano com a tributação excessiva sobre os seus salários.

A tabela está defasada em mais de 62%, porque suas correções anuais têm sido abaixo da inflação, e a aprovação do reajuste para 2015, com base no IPCA, demonstra que o Congresso está começando a corrigir esta injustiça, em meio aos embates políticos.

Esperamos que a presidente Dilma entenda a importância dessa decisão, sobretudo para a classe trabalhadora, e sancione a medida.

Será uma demonstração de que, de fato, a presidente está aberta ao diálogo com a classe trabalhadora e o movimento sindical, e sensível às suas necessidades.

Lembramos que a atualização justa da tabela é um dos itens da Pauta Trabalhista que queremos negociar com a presidente e o Congresso Nacional e que os trabalhadores vão persistir nesta luta.
Miguel Torres, presidente da Força Sindical, Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes e CNTM (Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos)