Gr+ívida

Ex-funcionária da Camargo Correa consegue ser reintegrada após ser demitida grávida

Tutela antecipada foi concedida através da 1ª Vara do Trabalho de Ipojuca-PE nesta quarta (25)

 A Justiça do Trabalho, através da 1ª Vara do Trabalho de Ipojuca, concedeu nesta quarta (25) o pedido de tutela antecipada referente à reintegração de uma ex-funcionária da empresa Camargo Correa. Na época do rompimento do vínculo empregatício, E.C.S. possuía estabilidade no emprego por se encontrar grávida. A empresa é uma dos que prestam serviços à Petrobras nas obras de construção da Refinaria Abreu e Lima.

Através da tutela, foi concedido o restabelecimento do vínculo do emprego na mesma função, com o pagamento dos salários vincendos e todas as vantagens do contrato então em curso, inclusive o restabelecimento do plano de saúde, observadas as condições do contrato então vigente, no prazo de 48 horas, sob pena de multa diária de R$ 500. A ação trabalhista foi movida através da assessoria jurídica do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias de Construção de Estradas, Pavimentação e Obras de Terraplenagem em Geral no Estado de Pernambuco (Sintepav – PE).