coeg 13-03-15

Audiência movimenta 2ª Vara de Trabalho de Ipojuca nesta sexta – feira (13)

Processo Judicial envolve trabalhadores do Consórcio Coeg, da Refinaria Abreu e Lima

Nesta sexta – feira (13) foi realizada a audiência inicial na 2ª Vara do Trabalho de Ipojuca buscando uma solução para o caso dos trabalhadores do Consórcio Coeg formado pelas empresas Conduto e Egesa. Nesta audiência, as empresas apresentaram defesa e a juíza designou a sentença para o dia 30 de março de 2015.

No dia 13/01/2015, o SINTEPAV-PE, ajuizou uma ação coletiva representando os funcionários em razão do atraso no pagamento das verbas rescisórias. O consórcio é um dos que prestam serviços à Petrobras nas obras de construção da Refinaria Abreu e Lima e também está sem receber os valores do contrato.

Desde o inicio do processo que envolve 809 trabalhadores, foi solicitado o bloqueio de dinheiro e de bens da empresa. “O sindicato vem trabalhando e acompanhando de perto todo o processo, mas temos que aguardar e respeitar os prazos da justiça”, explicou Aldo Amaral, presidente do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias de Construção de Estradas, Pavimentação e Obras de Terraplenagem em Geral no Estado de Pernambuco (Sintepav-PE).

Clique aqui para visualizar ATA DE AUDIENCIA INICIAL COEG 0000027-74.2015.5.06.0192